Madre de Deus: Carnaval Confete e Serpentina foi comemorado pela Prefeitura e teve números expressivos

O Carnaval tradicional Confete e Serpentina de Madre de Deus terminou nesta quarta-feira de cinzas com o arrastão da gratidão, onde funcionários, ambulantes e terceirizados que trabalharam durante todo o carnaval puderam ter um dia especial de festa com direito a trio elétrico, banho de espuma, banho de carro-pipa em pontos estratégicos e muita animação.

O prefeito do município, Jeferson Andrade agradeceu o trabalho dos envolvidos no carnaval e prometeu realizar uma festa ainda mais especial no próximo ano. “Agradeço de coração a todos os colaboradores que ajudaram a fazer desse carnaval o melhor dos últimos tempos. Os ambulantes que deram um show de organização, entendendo que eles são uma peça importante no carnaval e, hoje estamos encerrando com chave de ouro com o nosso arrastão da gratidão. Estou muito feliz e tenha certeza que no próximo ano faremos um carnaval melhor que esse ano”, disse Jeferson.

O carnaval deste ano não fugiu às suas raízes, uma festa que lembra os antigos carnavais, resgata valores sociais, históricos e culturais. Por falar em tradição, o baile à fantasia abriu oficialmente o carnaval Confete e Serpentina na noite de quinta-feira (28). Este ano a festa teve como tema: “Entre Gregos e Troianos, uma viagem à Mitologia Grega”.

A abertura oficial da folia aconteceu por volta das 21h, com o tradicional baile puxado pela banda Bailinho de Quinta, após a realização do concurso que escolheu o do Rei Momo, Rainha e Princesas do Carnaval, além da rainha mirim.

O carnaval de Madre contou ainda com diversas atrações locais e mais de 50 blocos carnavalescos envolvidos em sete dias de festa no circuito oficial e também em Maria Guarda. Foram mais de 80 horas de música divididos entre palcos e trios elétricos. Outro fator relevante neste carnaval foi o aquecimento na economia local com geração de empregos diretos e indiretos. Mais de meio milhão de reais circularam na cidade com alugueis de imóveis, pousadas, hotéis, gastronomia, entre outros.

Passado o carnaval, a próxima apresentação será na festa junina com a quadrilha da 3ª terceira idade, que representa Madre não somente no município, mas em outros lugares da região.

Leia a anterior

Ninguém larga a mão de ninguém para salvar todas

Leia a próxima

Alex da Piatã sugere ao governador programa de refinanciamento de dívidas no DETRAN com foco no IPVA

Deo seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *