Justiça enquadra Zezinho e frustra sua tentativa de tomar PDT de Itaparica

Um grupo de Itaparica cometeu uma barbeiragem política que nem o maior principiante se submeteria. Virtual candidato a prefeito, um empresario conhecido como Zezinho idealizava uma trama política na semana da Independência de Itaparica, mas acabou cometendo um verdadeiro vexame e virou motivo de chacota nas esquinas da cidade.

História digna de bobo da corte. E pior, ele ainda envolveu o próprio filho na trapalhada. Opositor raivoso contra a atual prefeita Marlylda, Zezinho quis tomar o controle do partido da gestora, o PDT. Ele juntou alguns nomes da família e divulgou nas redes sociais que o partido tinha um novo comando da cidade e que seu filho Luno Oliveira seria o presidente do PDT. Marcaram até data de lançamento da nova diretoria e tentaram ridicularizar a figura da prefeita Marlylda. Falavam com tanta propriedade que muitos acreditaram.

Mas eis que surge uma informação que achincalhou a turma. O PDT de Itaparica está constituído na condição de Diretório Municipal, ou seja tem formação legal e não pode sofrer intervenção apenas com uma canetada. O opositor achava que era uma Comissão Provisória, sem sequer consultar na Justiça Eleitoral. E o atual Diretório tem como presidente eleita pelos membros a prefeita Marlylda, com vigência até o ano de 2021. Em resumo, Marylda só deixa a presidência do partido se ela quiser.

Ora, quem é da política sabe que o bê-a-bá eleitoral para ocupar uma direção partidária é esse rito. E tem mais, diante de toda algazarra feita pelos supostos novos comandantes do PDT, a Justiça Eleitoral viu a situação e proibiu o filho de Zezinho que fizesse qualquer ato sobre o PDT, sob pena de ser enquadrado em crime eleitoral, uma vez que o ato se configura com uma tentativa de ludibriar a opinião pública com um fato sem validade. Apenas Marlylda pode autorizar qualquer evento partidário do PDT.

Quem começa na política desse jeito, dá pra imaginar como será o desfecho. Política não tem espaço para amadores.

Leia a anterior

Fabíola Mansur reforça luta contra o racismo em sessão que homenageou a Revolta dos Búzios

Leia a próxima

Itaparica: Fabíola e Marlylda comemoram início de obras na Beira Mar

Deo seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *