Importância da vacinação é abordada nas escolas

Nesta quinta-feira (21) os alunos da Escola Estadual Jesus Cristo, localizada na Mansão do Caminho, em Pau da Lima, tiveram uma manhã diferente. Eles receberam as equipes das secretarias da Saúde e da Educação do Estado que fizeram palestras sobre a importância da imunização e verificaram as carteiras de vacinação dos estudantes.

Na oportunidade, a equipe da coordenação de imunização da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) analisou os cartões de vacinação e, aquelas crianças que não estão com o documento em dia, são orientados a procurar o posto de saúde mais próximo para se vacinar.

Enquanto isso, Ramon Saavedra, coordenador de imunização do Estado, ministrou uma palestra sobre a importância das vacinas para manter as crianças saudáveis. Ele lembrou doenças que já foram erradicadas no país, mas que podem voltar por conta da negligência da sociedade em relação às campanhas de vacinação.

Ele contou às crianças que na década de 70 era comum entrar em uma sala de aula igual a deles e se deparar com alunos em cadeiras de rodas por conta da poliomielite, o que não ocorre atualmente, graças à erradicação da doença a partir da vacinação. Saavedra ainda destacou que algumas vacinas, além de proteger quem toma, protege os outros, a exemplo do sarampo, que é um vírus, mas só vai contaminar quem não se vacinou.

Fábio Barbosa, coordenador de Educação Ambiental e de Saúde da Secretaria de Educação, explicou que a campanha deste ano, junto às escolas, consiste na apresentação da carteira de vacinação atualizada no ato da matrícula, além da importância de cada aluno de se tornar um multiplicador das orientações recebidas na escola, passando para aquelas pessoas com as quais eles convivem fora da sala de aula, como os pais, os vizinhos, os primos.

Jonatas Teles, estudante do 9º ano, entendeu o objetivo da campanha, convocou os colegas para uma selfie e criou até slogan para ser usado nas redes sociais: ” #tirandoondacomsaúde”.

Campanha de vacinação nas escolas

No período de 18 a 22, secretários de educação e de saúde estarão mobilizados para informar aos alunos e pais a importância da vacinação e verificar se as doses foram tomadas. A intenção é atualizar as cadernetas das crianças e adolescentes e chegar a 95% de cobertura das vacinas contempladas no calendário nacional de vacinação.

A iniciativa também visa garantir a efetiva matrícula na rede de ensino, uma vez que a Carteira de Vacinação tornou-se um dos itens obrigatórios para matricular os alunos de até 18 anos de idade em creches e escolas da rede pública ou particular, que ofereçam educação infantil, ensino fundamental e ensino médio.

“Essa ação é importante por conta do atual cenário epidemiológico observado no país, que apresenta risco potencial de reintrodução de doenças imunopreveníveis já eliminadas das Américas, a exemplo da poliomielite, bem como a necessidade de conter a circulação do vírus do sarampo, reintroduzido recentemente no território nacional”, destaca o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas.

Serão disponibilizadas para os estudantes, nos postos de saúde, todas as vacinas, principalmente as que hoje apresentam os menores níveis como pentavalente (difteria, tétano, coqueluche, hemophilus influenzae e hepatite B), poliomielite, tríplice Viral (sarampo, caxumba, rubéola) e Febre Amarela. A ação será feita em escolas e nos postos de vacinação dos municípios baianos.

 Ascom Sesab

Leia a anterior

MP recomenda que Saltur e Semop adotem medidas para minimizar impactos aos prédios históricos

Leia a próxima

Hemoba realiza o último Sabadão Solidário de fevereiro

Deo seu recado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *